Arquivo da categoria: Terapia Biomolecular

Padrão frequencial: fator-chave para o nosso bem estar

Além de energia, somos um conjunto de várias frequências, que podem ser medidas em Hz (Hertz).  O conjunto dessas frequências formam em cada indivíduo, uma frequência própria e única, como se fosse uma “assinatura vibracional ”.  Somos únicos em nossos organismos, em nossos corpos, tanto físicos quanto sutis. Dependendo da sua frequência vibracional, uma pessoa terá mais ou menos saúde física, emocional, mental e espiritual.

Nossa frequência é afetada o tempo todo por vários fatores, inclusive, pelo ambiente externo.  Uma pessoa com frequência inferior a 62HZ, terá a sua saúde inevitavelmente comprometida. As consequências na baixa da frequência são muito variadas e, dependendo da queda, graves, como por exemplo o câncer, que começa numa frequência abaixo de 42Hz.

aligne10 (1)

Em resumo, estados/padrões da pessoa como um todo somados ao ambiente onde ela está inserida resulta no seu padrão frequencial.

As terapias frequenciais/vibracionais são terapias complementares que contribuem significativamente para o reequilíbrio desses complexos sistemas frequenciais em nossos corpos.  Entre elas estão as terapias florais, frequenciais e a radiestesia/radiônica, com as quais trabalho.  Podemos afirmar que, terapias vibracionais, são como uma linguagem que atua em nossas células, capaz de abrange-las e tratá-las em múltiplos aspectos.

Uma das grandes vantagens em se realizar uma terapia vibracional é que ela pode ser associada a outros tratamentos, tanto a medicações alopáticas convencionais quanto a outras terapias integrativas complementares.

É importante compreender que quando uma pessoa passa por um tratamento vibracional, o processo de auto-cura se dá não através de bioquímica e sim por ação biofísica, que significa via campo informacional.

Através de bioinformações, que mexem no campo eletro-magnético-informacional da pessoa, ocorrem como se fossem induções para um reequilíbrio energético de células, sistemas, órgãos, além de um acesso às informações que estão em nosso inconsciente, para limpar padrões desequilibrantes e ativar bioinformações equilibrantes.  Os padrões desequilibrantes e seus efeitos podem estar tanto no corpo físico quanto em outros corpos sutis (emocional, mental, duplo etérico e espiritual).

Cópia de Cópia de Dark Green and Red Public Service Announcements Instagram Post (3)

Essa mudança no campo é possível porque nossas células têm sua própria capacidade informativa, ou seja, se ativadas através das bioinformações, não ficam dependentes somente de elementos bioquímicos para sua transformação.

Assim, a biofísica tem um papel fundamental na saúde humana, pois esses elementos biofísicos são como informações que põe VIDA na vida das células, indicando novos caminhos para se regenerarem, além de neutralizar padrões físicos, emocionais e mentais nocivos à pessoa.

Leia também: A revolução da nova ciência,

Os princípios dos tratamentos à distância

Querer é poder ? Mais reflexões sobre radiônica

A BIORRESONÂNCIA NA PRÁTICA

Em um curso de Pós-graduação em Biofísica Quântica e Biorressonância Aplicada à Saúde, reconhecida pelo MEC, que participei há alguns anos atrás, aprendi uma metodologia com enfoque no Método QuantumBio, estruturado num sistema terapêutico criado pelo Prof.Kunio Inamoto, intitulado Terapia OrtoBiomolecular.

A Terapia OrtoBiomolecular é uma técnica terapêutica que visa o equilíbrio biofísico e da energia quântica, ou seja, enfatiza a bioenergética humana. Ela  tem como base a Biorressonância associada ao sistema francês de J.Ménétriér (Anamnese) em Ortomolecular.

Biorressonância é uma análise de perfil energético.  Enquanto a Biorressonância avalia as substâncias e energauraia nos seres vivos, a Ortomolecular investiga e trata as deficiências minerais e de vários oligoelementos que, em falta ou excesso, causam desequilíbrios e desordens orgânicas.

Os principais objetivos da Terapia OrtoBiomolecular são:

  • Identificar e eliminar os parasitas e microorganismos indesejáveis;
  • Identificar e modular metais tóxicos;
  • Identificar e modular a intolerância alimentar e medicamentosa;
  • Identificar e modular a radiação;
  • Avaliar e tratar os sistemas orgânicos;
  • Restabelecer a homeostase quântica do indivíduo, visando a recuperação de sua saúde.

Através da Biorressonância e da Ortomolecular inseridas na OrtoBiomolecular, é possível investigar como está o organismo e neutralizar todas as toxinas que estão impedindo a pessoa de viver de forma saudável e plena.

Com o uso de um aurameter e um kit com mais de 50 testadores, calibrados com padrões Aurameterquânticos específicos,  é realizada uma diagnose no cliente – processo que é diferente de diagnóstico, pois este só os médicos podem fazer, contando com todo um aparato clínico.

Diagnose são parâmetros, referências que levam a uma visão sindrômica da pessoa.  A diagnose levanta tendências.  Desta forma, o cliente fica mais consciente de seus desequilíbrios e pode, então. decidir por um caminho de cura, escolhendo um médico adequado às suas necessidades, com muito mais confiança e contando  ainda com as terapias integrativas e complementares que eu e outros terapeutas podemos oferecer.   Além disso, com base na diagnose, é possível indicar produtos quânticos (frequenciais) como primeiros passos para um tratamento.

O curso de Pó-graduação com enfoque no Método QuantumBIO foi um marcador de águas em minha vida profissional na área da saúde, pois contribuiu significativamente para a minha capacitação profissional em novas possibilidades terapêuticas, além de ampliar o desenvolvimento de minhas habilidades pragmáticas de intuição, graças a uma equipe muito qualificada de professores, com grande experiência clínica e em pesquisas científicas.

Graças a essa formação, ampliei a minha visão sobre terapias integrativas e complementares e tornei-me uma Terapeuta Credenciada QuantumBIO, estando habilitada a incorporar o Método QuantumBio ao meu trabalho de Terapeuta Holística..

Fonte de pesquisa:  materiais informativos QuantumBio