Arquivo da tag: terreno biológico

A importância de conhecer o seu Terreno Biológico

No final do século XIX, o bioquímico e farmacêutico francês Gabriel Bertrand demonstrou a importância dos minerais que, encontrados em organismos vivos, animais e plantas. Usados em ínfimas quantidades, os minerais tinham o papel fundamental como biocatalisadores nas funções enzimáticas e chamou alguns desses minerais de Oligoelementos.

O metabolismo é o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos.  Nas células também  ocorrem reações químicas.  As enzimas são catalisadores que fazem com que essas reações químicas aconteçam mais facilmente.  Algumas enzimas necessitam de um co-fator (ex. ferro, cobre, zinco, potássio, sódio, magnésio) para a sua ação catalítica, que vai promover a ionização do oligoelemento, permitindo que ele atravesse mais rápido para a membrana plasmática.  A ionização evita todo o trâmite que o alimento tem que passar para chegar até o seu destino.

Mais tarde, em 1932, o médico francês Jacques Menetrier  apresentou a Tese das Diáteses, comprovando o uso clínico dos oligoelementos ou minerais catalíticos na correção do terreno biológico ou perfil biológico do indivíduo. Ele descobriu que os oligoelementos não atacam sintomas para fazê-los retroceder e, sim, recuperam os pontos débeis e falhos do terreno biológico, contribuindo para a autocura.  Esse método de terapia foi batizado de Medicina das Funções. 

O terreno biológico envolve o funcionamento das células

O termo “diátese”, que tem sua origem na palavra grega “diathesis”, significa “disposição para”.  É o nome dado ao conjunto de sintomas e sinais das doenças (características semiológicas) que permite conhecer o perfil biológico (terreno biológico) do indivíduo. Para Jacques Menetrier, a diátese traduz uma disfunção que vai perturbar o funcionamento harmonioso do organismo, levando-o, aos poucos, a desarranjos e processos degenerativos.

 

A diátese representa o conjunto de características que definem o perfil biológico da pessoa, levando em consideração os aspectos físicos, intelectuais e psicológicos demonstrados.  Também chamada de Síndrome Reativa, por André Dupouy, uma diátese exprime a transição entre um estado de saúde e um estado de doença.  Relaciona-se com uma disfunção orgânica e é reflexo da evolução desses estados, ou seja, nascemos com uma diátese constitucional (I ou II) e, no decorrer da vida, através dos vários desequilíbrios  que, se não forem tratados, nos levam para as diáteses seguintes.

A diátese traduz um estado de desequilíbrio, é uma disfunção que perturba o funcionamento orgânico e que conduz, de forma progressiva, à desordem e à degeneração.  Cada diátese ou terreno possui o seu mineral corretor de base.

O estado do terreno biológico de cada pessoa é identificado por meio de anamnese (perguntas realizadas pelo terapeuta) e biorressonância, assim, o Quantec também me ajuda nesse processo inicial para avaliar sintomas e possíveis diátesas.  Nos tratamentos que recomendo, costumo indicar os produtos da Fisioquantic, que tem linhas específicas com oligoelementos. Outros tratamentos são, normalmente, associados. É de fundamental importância esta análise para se estabelecer o terreno biológico da pessoa, porque assim, o nível de resposta do organismo será mais rápido e eficiente, contribuindo para retomar o equilíbrio, o bem-estar e a harmonia.

Vida em equilíbrio