A fé e a vida   

Compreender o que é a fé faz parte das respostas fundamentais que venho buscando há muitos anos.  Desde a minha infância, a definição de fé sempre foi regada por conceitos baseados em dogmas religiosos e doutrinários, que nunca me ajudaram a encontrar uma resposta profunda para o que é sentir fé.  Assim foi, até eu começar a estudar e praticar a radiestesia e a radiônica e, especialmente, ler os livros e estudar com o Professor Juan Ribaut.

Ao mergulhar nos estudos e práticas da radiestesia e da radiônica, a fé passou a ter um significado bem diferente daquilo que eu imaginava ou estava condicionada a acreditar.  A fé tem a ver com o que consigo acessar e monitorar, conscientemente, no meu inconsciente!  “A fé é a essência de todo o poder”, afirma Juan Ribaut, porque é no inconsciente que reside a nossa verdadeira força para criarmos a realidade que realmente desejamos.  Parece uma afirmação muito limitada aos campos filosófico ou teórico?  Acredite que não é!

Como afirma o Prof. Juan Ribaut, o que captamos por meio do nosso consciente (idéias, conhecimentos, conceitos, informações, fatos etc.) nada mais é do que sementes com potencial para germinar.  Para germinarem, essas sementes precisam ser plantadas no terreno do inconsciente, onde poderão criar raízes e se desenvolver até darem frutos.  E o que isso tem a ver com fé?  Só aquilo que verdadeiramente acredito (no inconsciente) é que vai germinar!   Não basta querer algo apenas conscientemente (racionalmente, intelectualmente).  É necessário querer também no inconsciente, ou seja, ter fé por meio do inconsciente.  Para isso, precisamos aprender a alinhar o consciente com o inconsciente.

Graças à inclusão da radiestesia e da radiônica no meu cotidiano, hoje vivo como se estivesse em um solo fértil, cheio de sementes de fé, que representam as possibilidades de lidar de maneira mais saudável, alegre, criativa e confiante com os acontecimentos da minha existência e, assim, ter condições de contribuir com a vida de outras pessoas.

“A fé lida com mistérios”, afirma o Prof. Juan Ribaut.  A fé lida com a nossa capacidade de nos surpreendermos com a essência da vida, com a realidade que pode ser vista através de várias “lentes”.  A fé lida com o desconhecido, com a vastidão imensa do que somos em essência – vida, amor, consciência – , com o amplo mundo da mente e da consciência.  E, principalmente, com o universo do nosso coração.  Mas este é um tema para outro post…

Só cremos, realmente, naquilo que está no nosso inconsciente.  Se, verdadeiramente temos fé, criamos, realizamos.  Portanto, o nosso futuro não é construído somente com as informações (ou possibilidades aparentes) do presente ou do que desejamos no nível consciente.

Sempre haverá espaço para a esperança, na medida em aprendermos a plantar, conscientemente, em nosso inconsciente, as sementes daquilo que realmente queremos colher, a partir da verdadeira fé.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s